Em Osaka, Brasil é superado pela Coréia do Sul

Publicado em: 28/09/2019 04:18
Lorenne marcou 23 pontos (Créditos: Divulgação/FIVB )

A seleção brasileira feminina de vôlei não conseguiu superar o saque eficiente e a velocidade da Coréia do Sul na madrugada deste sábado (28.09) pela Copa do Mundo. A equipe asiática venceu o time verde e amarelo por 3 sets a 1 (25/23, 18/25, 25/20 e 25/21), em 1h55 de jogo, em Osaka, no Japão. A equipe do treinador José Roberto Guimarães tem seis vitórias e quatro derrotas na competição.

As brasileiras encerrarão a participação na Copa do Mundo às 2h (horário de Brasília) deste domingo (29.09) contra a Rússia. O Brasil não tem mais chances de pódio e luta para terminar a competição em quarto lugar.

Na classificação geral, o Brasil aparece na quarta colocação, com 18 pontos. A China lidera, com 26 pontos, os Estados Unidos estão em segundo lugar, com 25, e a Rússia em terceiro, com 20. A Coréia de Sul está em quinto lugar, com 18 pontos e um saldo de sets pior do que o time verde e amarelo.

A oposta Lorenne foi a maior pontuadora entre as brasileiras no duelo contra a Coréia do Sul, com 23 pontos. As ponteiras Gabi, com 14, e Drussyla, com 10, também pontuaram bem pelo time verde e amarelo. Pelo lado da Coréia do Sul, a ponteira Kim foi a maior pontuadora do confronto, com 25 acertos.

Ao final do duelo, o treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da partida e lamentou a derrota das brasileiras.

“A Coréia do Sul jogou muito bem no sistema defensivo a partir de um bom saque. Nós não conseguimos ter a mesma eficiência tanto no saque como no bloqueio. Fizemos poucos pontos de bloqueio e isso fez com que o time coreano acreditasse cada vez mais no jogo”, disse José Roberto Guimarães, que também analisou o último adversário das brasileiras na Copa do Mundo.

“A Rússia tem melhorado a cada jogo e está numa performance melhor do que quando começou a temporada. O nosso sistema defensivo vai precisar funcionar na partida. A Goncharova está em um momento muito bom e é ponto de referência da equipe delas. Esperamos fazer um bom jogo para acabarmos a competição na melhor posição possível”, afirmou José Roberto Guimarães.

Sistema de disputa

Na Copa do Mundo, 12 seleções se enfrentam e a equipe que somar o maior número de pontos se sagrará campeã. A competição conta com a atual campeã mundial (Sérvia), o Japão (país sede) e as duas melhores seleções de cada continente no ranking mundial.

EQUIPES:

BRASIL – Macris, Lorenne, Drussyla, Gabi, Mara e Bia. Líbero – Léia  
Entraram – Fabiana, Drussyla, Roberta, Sheilla, 
Técnico – José Roberto Guimarães

GALERIA DE FOTOS:

http://worldcup.2019.fivb.com/en/women/schedule/10398%20korea%20brazil/post#mediaGallery

TABELAS:

FEMININO

Hamamatsu (Japão) 

14.09 (SÁBADO) – Brasil 3 x 2 Sérvia (25/20, 23/25, 25/18, 22/25 e 15/12)
15.09 (DOMINGO) – Brasil 3 x 0 Argentina (25/17, 25/19 e 25/16) 
16.09 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 0 x 3 Holanda (23/25, 21/25 e 22/25) 
18.09 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Quênia (25/20, 25/17 e 25/14)
19.09 (QUINTA-FEIRA) – Brasil 0 x 3 Estados Unidos (22/25, 18/25 e 19/25) 

Sapporo (Japão)

22.09 (DOMINGO) – Brasil 2 x 3 China (23/25, 25/23, 25/22, 19/25 e 9/15)
23.09 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 3 x 1 República Dominicana, às 0h30 (Horário de Brasília) (25/16, 23/25, 25/19 e 25/22)
24.09 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Japão (25/14, 25/21 e 25/23)

Osaka (Japão)

27.09 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Camarões (25/11, 25/17 e 25/18) 
27.09 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 1 x 3 Coréia do Sul (23/25, 25/18, 20/25 e 21/25)  
29.09 (DOMINGO) – Brasil x Rússia, às 2h (Horário de Brasília)

Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Parceiros Oficiais