Sada Cruzeiro bate donos da casa e conquista o bronze

Publicado em: 17/12/2017 15:01
Jogadores do Sada Cruzeiro comemoram ponto na disputa pelo bronze (Créditos: Divulgação/FIVB)

Sem dar chances aos donos da casa, o Sada Cruzeiro (MG) conquistou, neste domingo (17.12) a medalha de bronze do Campeonato Mundial de Clubes. A equipe que representou o Brasil na maior competição de clubes do mundo venceu o Belchatow por 3 sets a 0 (25/19, 25/18 e 25/13), em Cracóvia, na Polônia.

O ponteiro Leal foi o maior pontuador do jogo, com 15 acertos, pontuando em todos os fundamentos: 12 no ataque, dois de bloqueio e um de saque. O oposto Evandro também pontuou bem, marcando 12 vezes a favor do Sada Cruzeiro. Pelo Belchatow, o central sérvio Lisinac foi o maior destaque na pontuação, com nove acertos.

Após a vitória, o técnico Marcelo Mendez fez questãod e valorizar a medalha de bronze. “É muito importante para nós sairmos daqui da Polônia com essa taça, entre os três melhores do mundo, representando bem a nossa equipe, o nosso projeto. Esta edição do Mundial foi muito disputada, com grandes times e grandes atletas. É um importante resultado e vamos celebrar, pois não é fácil”, avaliou Mendez.

Nesta edição do Mundial, o time brasileiro estreou com derrota diante do Civitanova, da Itália, que disputa ainda neste domingo a grande final do campeonato. No dia seguinte venceu o Sarmayeh Bank, do Irã, e no outro dia o Zaksa, da Polônia.

Na semifinal, os cruzeirenses enfrentaram o time russo do Zenit Kazan, o outro finalista, e acabaram superados. Assim, chegaram a disputa da medalha de bronze diante do Belchatow, contra quem conseguiram a importante vitória.

No Grupo B do Mundial de Clubes estão na disputa as equipes do Bolivar, da Argentina; Shangai Volleyball Clube, da China; o polonês SKRA Belchatow e o Zenit Kazan, da Rússia.

O JOGO

Evandro abriu o placar da partida que valia a medalha de bronze. O time brasileiro ainda abriu 3/1. O Belchatow chegou ao ponto de empate em 3/3. Com Evandro, o Sada Cruzeiro abriu dois de vantagem em 7/5. No ponto de saque de Filipe, 9/6. Isac marcou o primeiro ponto de bloqueio do Sada Cruzeiro e fez 13/8. O time brasileiro teve cinco de vantagem em 16/11. Com Simon pontuando no saque, 20/13. O Belchatow reduziu a diferença no placar (16/20) e Marcelo Mendez pediu tempo). O Sada Cruzeiro voltou a pontuar e fechou o set em 25/19.

O Belchatow saiu na frente e Evandro chegou ao ponto de empate em 2/2. No bloqueio de Leal, o Sada Cruzeiro assumiu o comando do placar: 3/2. Com o ponteiro pontuando de novo, desta vez no saque, o time brasileiro chegou a 7/4. Na largadinha de Filipe, 10/6. A equipe do Sada ainda chegou a 16/11 e o time polonês pediu tempo. Na volta, bloqueio cruzeirense com Evandro e 17/11. Mais um pedido de tempo. Com Simon, 20/13. O Sada Cruzeiro seguiu superior e venceu a segunda parcial por 25/18.

No bloqueio de Leal, o time brasileiro logo abriu 3/1 no terceiro set. Com ace de Isac, o placar foi a 6/4. Quando Simon marcou mais um, o Belchatow pediu tempo. Com dois pontos seguidos de Evandro, o time brasileiro abriu quatro de vantagem: 11/7. Superior em quadra, e em boa passagem de Uriarte pelo saque, o Sada Cruzeiro abriu grande diferença em 19/8. No final, vitória esmagadora do time brasileiro por 25/13.

SADA CRUZEIRO – Uriarte, Evandro, Simon, Isac, Filipe e Leal. Líbero – Serginho

Entraram – Fernando Cachopa, Alemão

Técnico: Marcelo Mendez

TABELA

12.12 (terça-feira) – Sada Cruzeiro 0 x 3 Lube Civitanova (ITA) (21/25, 16/25 e 18/25)

13.12 (quarta-feira) – Sada Cruzeiro 3 x 0 Sarmayeh Bank (IRI) (25/23, 25/20 e 25/22)

14.12 (quinta-feira) – Sada Cruzeiro 3 x 0 Zaksa Kedzierzyn-Kozle (POL) (25/13, 32/30 e 25/20)

16.12 (sábado) – Semifinal - Sada Cruzeiro 0 x 3 Zenit Kazan (RUS) (23/25, 19/25 e 18/25)

17.12 (domingo) – Disputa de 3º - Sada Cruzeiro 3 x 0 Skra Belchatow (25/19, 25/18 e 25/13)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Parceiros Oficiais