SadaCruzeiro luta, mas é superado pelo Zenit Kazan

Publicado em: 16/12/2017 16:31
O ponteiro Filipe é o capitão do time mineiro (Créditos: GettyImage/FIVB)

O sonho do tetra campeonato mundial do Sada Cruzeiro (MG) foi adiado após o time celeste ser superado pelo Zenit Kazan (RUS) na semifinal do Mundial de Clubes masculino de voleibol. No duelo realizado na tarde deste sábado (16.12), a equipe russa, atual campeã europeia, levou a melhor sobre o time celeste por 3 sets a 0 (25/23, 25/19 e 25/18), em 1h25 de jogo na Tauron Arena, na Cracóvia (POL).

 

O clube russo usou bem a potência do saque e da eficiência do bloqueio, foram oito pontos em cada um destes fundamentos, para minar a virada de bola cruzeirense. O oposto Evandro e o ponteiro Leal começaram com bom aproveitamento no ataque em favor do time brasileiro, mas a dificuldade no passe cruzeirense dificultou as ações. O cubano naturalizado polonês León, ponteiro do Zenit Kazan, marcou 20 vezes e foi o maior pontuador em quadra.

 

“O Zenit Kazan jogou muito bem, especialmente com o saque. O jogo deles foi muito bem encaixado e todos os fundamentos funcionaram. Desejamos boa sorte a eles na decisão. Agora nos cabe analisar o nosso jogo de hoje e nos preparar para a disputa de bronze”, contou Marcelo Mendez, técnico do Sada Cruzeiro.

 

Agora, o time brasileiro espera o resultado da outra semifinal entre SKRA Belchatow (POL) e Lube Civitanova (ITA) para saber o adversário na briga pelo bronze, que acontece neste domingo (17.12), às 14h30, no horário de Brasília

 

 

O JOGO

A semifinal começou com bom rally que terminou com o ataque de segunda do levantador cruzeirense. O saque russo entrou pesado, e mesmo assim o time brasileiro conseguiu abrir pequena vantagem em 5/2, mas os adversários se recuperaram. No ataque para fora de Filipe, o Zenit ficou na frente, 7/8. Os dois times se alternaram na liderança do placar, mas a equipe russa teve melhor aproveitamento na virada de bola e fez 14/16. O volume defensivo do Zenit Kazan fez diferença na reta final do set, assim como o serviço. Após bom saque de Matt Anderson o clube europeu aumentou a diferença 17/21. O Sada Cruzeiro reagiu com uma boa sequência de saques de Uriarte, mas não foi suficiente para tirar a vitória do Kazan por 23/25.

 

A segunda parcial começou com o time russo impondo o ritmo de jogo. Com um potente saque de León, o Zenit abriu três pontos na primeira parada obrigatória, 5/8. O Sada Cruzeiro encontrava dificuldades no passe e para passar pelo bloqueio adversário. O técnico Marcelo Mendez parou o jogo pela segunda vez no set quando os russos abriram 8/14 após ponto de saque de León. O domínio russo forçou o técnico cruzeirense a mexer no time. O treinador do time brasileiro fez a inversão com Cachopa e Alemão. A mudança fez efeito e o Sada reagiu pontuando três vezes consecutivas, 16/22. Mesmo com a melhora no final, a equipe brasileira não resistiu à pressão russa e o Zenit fechou em 19/25.

 

No terceiro set o time russo continuou a pressionar bastante no saque, deixando margem para os contra-ataques. O Sada Cruzeiro trocou o levantador com Fernando Cachopa no lugar de Uriarte. Mesmo assim o Zenit Kazan seguiu no mesmo ritmo forte e abriu três pontos, 5/8. O bloqueio tornou-se peça chave para a equipe russa no set. O central Gutsalyuk fechou a porta para Leal e fez mais um ponto para o time europeu, 11/15. O técnico Marcelo Mendez pediu tempo para reorganizar a equipe celeste, mas os adversários seguiram bem no saque e no contra-ataque, como o de León que aumentou a vantagem russa, 15/21. O Zenit Kazan fechou o jogo no ataque de Anderson pelo fundo, 18/25.

 

SADA CRUZEIRO – Uriarte, Evandro, Simon, Isac, Filipe e Leal. Líbero – Serginho
Entraram – Fernando Cachopa, Alemão, Rodriguinho
Técnico: Marcelo Mendez

 

TABELA

12.12 (terça-feira) – Sada Cruzeiro 0 x 3 Lube Civitanova (ITA) (21/25, 16/25 e 18/25)
13.12 (quarta-feira) – Sada Cruzeiro 3 x 0 Sarmayeh Bank (IRI) (25/23, 25/20 e 25/22)
14.12 (quinta-feira) – Sada Cruzeiro 3 x 0 Zaksa Kedzierzyn-Kozle (POL) (25/13, 32/30 e 25/20)
16.12 (sábado) – Semifinal - Sada Cruzeiro 0x3 Zenit Kazan (RUS) (23/25, 19/25 e 18/25)
17.12 (domingo) – Final

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Parceiros Oficiais