Duplas brasileiras disputam a etapa de Jinjiang, na China

Publicado em: 20/05/2019 15:49
(Créditos: )

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 20.05.2019

As duplas brasileiras já têm mais um desafio pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. Após a etapa de Itapema (SC), encerrada no último final de semana, os times já estão cruzando o planeta para a disputa da parada quatro estrelas de Jinjiang, na China, que também conta pontos para a corrida olímpica brasileira.

Os jogos começam nesta terça-feira (21.05) e seguem até domingo (26.05). O Brasil possui sete duplas já garantidas na fase de grupos, mas o número pode aumentar para nove após as disputas do country quota e do classificatório, que também terão times do país.

No masculino, Pedro Solberg/Vitor Felipe (RJ/PB), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e André/George (ES/PB) partem da fase de grupos, que começa na quinta-feira (23.05). Já Alison/Álvaro Filho (ES/PB) e Guto/Saymon (RJ/MS) disputam o country quota nesta terça-feira (21.05), com o vencedor tendo que superar posteriormente adversários no classificatório, na quarta-feira (22.05), para se unir aos demais times no torneio.

No feminino, Ágatha/Duda (PR/SE), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Carol Solberg/Maria Elisa (RJ) e Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ, wild card) estão garantidas na fase de grupos. Já Talita e Taiana (AL/CE) disputam o classificatório na quarta e podem aumentar o número de duplas do país se vencerem. Os confrontos ainda serão definidos.

A fase de grupos em Jinjiang terá oito chaves com quatro duplas cada, jogando entre si. Os primeiros colocados avançam direto às oitavas de final (Round 2), enquanto segundos e terceiros disputam uma rodada extra, a repescagem (Round 1), e a partir desta fase, os jogos seguem no formato de eliminatória direta, com oitavas, quartas, semifinais e finais.

Jinjiang recebeu um torneio do Circuito Mundial pela primeira vez em 2018, sem a participação de duplas brasileiras. Na ocasião, os norte-americanos Mayer/Crabb e as japonesas Mizoe/Hashimoto ficaram com a medalha de ouro.

Os torneios do Circuito Mundial são divididos em estrelas (uma até cinco). Jinjiang é o quarto torneio nível quatro estrelas disputado em 2019. Outros cinco desta categoria serão realizados até o final do ano. com distribuição de cerca de R$ 1,2 milhão em prêmios para todos os times em disputa, sendo cerca de R$ 80 mil para a dupla campeã de cada naipe.  A competição também dará 800 pontos aos campeões em cada naipe.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais