Disputa do classificatório define últimas vagas e grupos em Natal (RN)

Publicado em: 15/03/2019 17:45
Jogos seguem até domingo, com entrada franca no Forte dos Reis Magos (Créditos: Divulgação/CBV)

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 15.03.2019

A disputa da primeira etapa do Circuito Brasileiro Sub-21 de vôlei de praia 2019 começou nesta sexta-feira (15.03), com 37 jogos pela fase classificatória em Natal (RN), na Praia do Forte. A disputa é uma fase preliminar onde as últimas quatro vagas de cada gênero são definidas, completando as chaves com os times que já estavam garantidos pelo ranking. As partidas da fase de grupos e quartas de final seguem neste sábado (16.03), com entrada franca.

A disputa também será uma prévia para a categoria adulta, já que Natal (RN) também será palco do Circuito Brasileiro Open na próxima semana, de 20 a 24 de março, com diversos medalhistas olímpicos, pan-americanos e campeões mundiais em ação.

No naipe feminino, 19 duplas lutaram pelas quatro vagas em jogos eliminatórios diretos. Avançaram Aline/Lorena (AM), Maria/Emanuely (MG), Bárbara/Cecília (RN) e Laura/Ana Beatriz (RJ). Com exceção da dupla carioca, que por ter ranking menor precisou venceu três jogos, as demais equipes superaram dois jogos seguidos para ficarem com a vaga.

Já estavam classificadas pelo ranking de entradas Lia/Daniela (AM), Anna/Fernanda (BA), Renata/Natalia (CE), Thamela/Blenda (ES), Aninha/Victoria (MS), Sofia/Carol (PE), Ingridh/Ana (PR), Mylena/Carol Paiva (RJ), Thainara/Milena (RN), Ana Clara/Camily (RO), Helena/Lari (SC) e Ágatha/Karol (SE).

Entre os homens, a disputa foi ainda maior, com 26 duplas disputando quatro vagas. Melhor para Pablo/Raphael (PB), Gabriel Pisco/Gabriel (RJ), Matheus Santos/Gustavo (ES) e Giovanne/Afonso (AL). Os dois últimos, capixabas e alagoanos, venceram duas rodadas, enquanto os times da Paraíba e Rio de Janeiro, mais abaixo no ranking, tiveram que superar três adversários pela vaga na fase de grupos.

Já estavam classificados pelo ranking de entradas Guilherme/Eduardo (AM), John/Cleiton (BA), João Vitor/Divino (DF), Gui/Adriano (MS), Matheus/Renan (MT), Thiego/Rafael (PB), Nicolas/Jefferson (PE), Rafa Carvalho/Patrick (PR), Lucas/João Pedro (RJ), Rafael Soares/Julio (RN), André Danilo/Matheus (SE) e Márcio/Misael (SP).

O Circuito Brasileiro Sub-21 conta com 16 times em cada gênero, divididos em quatro grupos com quatro duplas. Os 11 melhores estados no ranking de entradas e o estado que sedia a etapa já têm vaga garantida à fase de grupos.

Assim como ocorre no Circuito Brasileiro de vôlei de praia Sub-17 e Sub-19, o Sub-21 é um campeonato de seleções estaduais, com duplas representando a mesma federação. Cada estado indica suas delegações nos dois gêneros em busca do título, podendo alterar os times durante a temporada, mas sempre formando duplas do mesmo estado.

As próximas três etapas ainda terão suas sedes divulgadas, e ocorrem em junho, julho e setembro. Paraíba, no naipe masculino, e Mato Grosso do Sul, no feminino, foram os campeões da temporada 2018. A competição revelou diversos atletas que foram campeões e posteriormente se tornariam olímpicos como Pedro Solberg (RJ) e Bárbara Seixas (RJ).

VEJA OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/sub21/tabelas_o.asp?ano=2018

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais