Gabriel Zuliani/Gabriel Pisco estreia com duas vitórias na China

Publicado em: 11/07/2018 11:55
Pisco e Zuliani em ação contra dupla paraguaia (Créditos: Divulgação)

A chave principal do Campeonato Mundial sub-19 de vôlei de praia começou nesta quarta-feira (11.07) e, Nanquim (CHN). O Brasil está representado por duas duplas, uma em cada gênero. No torneio masculino Gabriel Zuliani e Gabriel Pisco tiveram um bom desempenho nas duas primeiras rodadas, enquanto Thamela e Anne Karolayne enfrentaram dificuldades na estreia.

Os “xarás” Gabriel Zuliane e Gabriel Pisco foi a primeira dupla do Brasil entrar em quadra. Eles venceram Shekunov/Veretiuk (RUS) por 2 sets a 0 (21/19 e 21/19) na rodada inaugural. Horas mais tardes eles voltaram à quadra e conseguiram mais um resultado positivo, desta vez contra os paraguaios Jorge e Gonza, novamente em dois sets (21/16 e 21/17). Com os resultados eles são os líderes do grupo B. Nesta quinta-feira (12.07), Zuliani e Pisco enfrentarão os alemães Filip John e Lukas Pfretzschner, o vencedor avança direto as oitavas de final, enquanto o perdedor segue para a repescagem.

No torneio feminino a dupla Thamela e Anne Karolayne entrou em ação apenas uma vez nesta quarta-feira. Elas acabaram sendo superadas pelas espanholas Sofia Gonzalez e Aina Munar (ESP) por 2 sets a 0 (20/22 e 16/21). Elas voltam a jogar as outras duas rodadas do grupo B nesta quinta-feira. Primeiro contra as polonesas Julia Gierczynska e Patrycja Jundzill, e, depois, elas enfrentam Lisbeth Allcca/Medalyn Mendoza (PER). As brasileiras precisam de pelo menos uma vitória nos dois jogos para avançarem na competição.

O Brasil conquistou sete medalhas de ouro (quatro no feminino e três no masculino) no torneio. O primeiro foi no Mundial, na Grécia, em 2002, quando a competição ainda era Sub-18. Ian Borges e Pedro Solberg foram os vencedores. Em 2005, na França, Carol Aragão conquistou o outro título mundial, ao lado de Bárbara Seixas.

Em 2013, Duda e Tainá levaram o troféu em Portugal. No ano seguinte, novamente Duda, desta vez ao lado de Andressa, ficou com o ouro, assim como Arthur Lanci/George, fazendo a dobradinha também em Portugal. Na última edição, em Larnaka, no Chipre, em 2016, as duplas brasileiras também chegaram ao topo do pódio. No feminino Victória/Duda levaram o ouro, enquanto Renato/Rafael venceram no masculino.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais