Teresina recebe inauguração de cinco núcleos com participação de campeã olímpica Fofão

Publicado em: 15/06/2018 17:13
Fofão já participou da inauguração de outros núcleos no país (Créditos: Divulgação/FIVB)

Aulas serão oferecidas em Escolas Municipais da cidade com parceria da empresa Citelum Groupe EDF

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 14.06.2018

O programa de inclusão esportiva e social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Viva Vôlei, terá cinco novos núcleos inaugurados neste sábado (16.06), todos na cidade de Teresina (PI). O lançamento do projeto, uma parceria com a empresa Citelum Groupe EDF, contará com a presença especial da campeã olímpica Fofão, que estará na abertura para transmitir um pouco de sua experiência vivida no esporte às crianças.

As aulas serão ministradas em cinco Escolas Municipais da cidade, em bairros diferentes, viabilizadas pela parceria com a Citelum Groupe EDF, especialista em gestão de iluminação pública. Presidente da Federação Piauiense de Voleibol, Tatiana Rodrigues destacou a importância de Teresina receber núcleos, fortalecendo a modalidade entre jovens.

“A implantação do programa Viva Vôlei em Teresina através da parceria entre a Federação piauiense de Voleibol, a Prefeitura municipal de Teresina e a Citelum, consagra momento importante do voleibol no estado. Essa ação contribui significativamente em diversos setores do desenvolvimento social, educacional e profissional. Estamos no caminho certo de renovação e crescimento dessa modalidade incrivelmente apaixonante e colaboradora da formação de nossos jovens”, declarou a ex-atleta e atual dirigente.

Além de Fofão, estarão presentes no lançamento o prefeito de Teresina, Firmino da Silveira Soares Filho, o secretário de Esportes, Guilherme Pires Berger, o secretário de Educação, Kleber Montezuma, e Guido Oliveira, gerente da Citelum. Pedro Alcantra, diretor comercial e de operações, comemorou a parceria para implementar o programa.

“A Citelum, empresa do Grupo EDF, tem uma visão empreendedora de incentivar, apoiar e patrocinar o esporte em Teresina. O projeto Viva Vôlei foi elaborado dentro dos parâmetros exigidos e foi aprovado e agora estamos felizes que essa parceria irá render bons frutos no esporte em Teresina e no Brasil”, celebrou.

O projeto estará presente na EM Deoclécio Dantas, no Vale do Gavião; na EM João Emílio Falcão, bairro Santo Antônio; na EM RN Monteiro, Angelim; na EM Noé Fortes, Horto; e na EM Areolino Leôncio, Boqueirão. Marcos Aurélio Gonçalves, coordenador do programa Viva Vôlei, também destacou o número de crianças beneficiadas.

“O voleibol está em festa no Piauí, pois graças ao empenho e comprometimento da Federação Piauiense de Voleibol, o Programa Social Viva Vôlei chegará às escolas municipais da cidade. Estamos felizes com a oportunidade que o nosso parceiro Citelum está nos dando. Podermos beneficiar mais de 750 crianças, com os cinco núcleos que serão implantados”.

Programação de inclusão esportiva e social, o VivaVôlei oferece aulas de ‘mini-vôlei’ às crianças. Toda estrutura - tamanho da quadra, redes, bola etc - é adaptada para a faixa etária de 7 a 14 anos, a fim de otimizar as condições físicas e motoras e a capacidade técnica das crianças. As atividades têm duração de 60 minutos, em turmas com até 24 alunos, onde meninos e meninas compartilham o mesmo espaço.

Criado em 1999, o Instituto VivaVôlei, qualificado como OSCIP-Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, tem como objetivo utilizar o esporte para sociabilizar crianças de 7 a 14 anos. Atualmente, existem 77 núcleos ativos espalhados por 18 estados brasileiros. As escolas atendidas apresentam, como diferencial, o fato de serem as únicas devidamente aparelhadas para o ensino do mini-vôlei ao público infantil no Brasil.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais