CBV - Classificatório define últimas vagas e medalhista olímpico avança em Maringá Confederação Brasileira de Voleibol 

Classificatório define últimas vagas e medalhista olímpico avança em Maringá

Publicado em: 08/06/2018 20:17
Disputas classificaram quatro duplas em cada naipe (Créditos: Francisco Monteiro/CBV)

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 08.06.2018

A etapa de Maringá (PR) do Circuito Challenger de vôlei de praia, a primeira da temporada 2018, começou nesta sexta-feira (08.06), com a disputa do classificatório. Foram realizados 43 jogos na Vila Olímpica, com entrada franca à torcida, classificando quatro times em cada gênero para a fase de grupos. Destaque para o retorno de Márcio Araújo, medalhista olímpico em Pequim-2008, que aos 44 anos retornou às areias e conseguiu uma das vagas.

No naipe masculino, além do cearense Márcio Araujo e seu parceiro Luciano (ES), também avançaram com vitórias nas partidas eliminatórias diretas os times Matheus Maia/Felipe Cavazin (RJ/PR), Álvaro Andrade/Raul (SE) e Rodrigo Bernat/Ferramenta (RJ). Com ranking melhor, Maia/Cavazin e Bernat/Ferramenta tiveram que vencer duas vezes, enquanto os outros dois times disputaram três partidas para confirmar a vaga.

Já estavam classificados pelo ranking os times Jefferson/Miguel (CE/MS), Eduardo Davi/Borlini (PR/ES), Léo Gomes/Gilmário (RJ/PB), Jô/Léo Vieira (PB/DF), Rafa/Allison Francioni (PR/SC), Vinícius/Fernandão (ES), Ramon Gomes/Adrielson (RJ/PR) e Anderson Melo/Averaldo (RJ/TO).

Entre as mulheres, avançaram Andrea/Índia (AM/PA), Alba/Aline (BA), Juliana Simões/Flávia (PR/RJ) e Hegê/Talita (CE). Com exceção de Juliana e Flávia, que precisaram de três vitórias pela posição no ranking, os outros times avançaram com dois triunfos.

Elas se juntam aos outros oito times que já estavam classificados pelo ranking: Val/Izabel (RJ/PA), Ângela/Rachel (DF/RJ), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Victoria/Tainá (MS/SE), Andrezza/Neide (AM/AL), Aline/Diana (SC/RJ), Rafaela/Fabíola (PA/DF) e Juliana/Andressa (CE/PB).

A competição conta com 12 duplas em cada gênero, divididas em três grupos de quatro. Oito delas já entram direto na fase de grupos, pelo ranking de entradas, enquanto quatro times saem da disputa do classificatório, disputa preliminar que ocorre no primeiro dia (sexta-feira). Os primeiros e segundos de cada chave, além de dois melhores terceiros, vão às quartas de final, e deste ponto o torneio segue em formato eliminatório simples.

O Challenger é composto por quatro etapas, com campeões de cada parada e vencedores gerais, no somatório de cada evento. Além de Maringá (PR), serão realizadas etapas no Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF) e Jaboatão dos Guararapes (PR) entre junho e agosto.

Os campeões de uma etapa recebem 200 pontos no ranking geral e cerca de R$ 13 mil em premiações. Somando os dois naipes, o torneio distribui quase R$ 130 mil. É a segunda vez que Maringá (PR) abre a temporada do Challenger, já que em 2017 o mesmo aconteceu. Na oportunidade, Josi/Lili (SC/ES) e Fernandão/Bruno (ES/AM) foram os vencedores.

VEJA OS RESULTADOS DO TORNEIO MASCULINO
http://www.aplicativoscbv.com.br/challenger/tabopen/tabelatodas.asp?site=1004&sexo=m

VEJA OS RESULTADOS DO TORNEIO FEMININO
http://www.aplicativoscbv.com.br/challenger/tabopen/tabelatodas.asp?site=1004&sexo=F

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais