Tainá e Victoria largam com duas vitórias em etapa no Peru

Publicado em: 11/05/2018 18:42
Arena montada em Lima, Peru (Créditos: Divulgação/FPV)

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 11.05.2018

O Brasil largou bem na etapa “Finals”, que encerra a temporada 2018 do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia. Tainá e Victoria (SE/MS) venceram as duas partidas que disputaram nesta sexta-feira (11.05), em Lima, no Peru. Elas voltam à quadra neste sábado (12.05), em duelo valendo a liderança da chave contra dupla da Colômbia.

Tainá e Victoria largaram com triunfo por 2 sets a 0 (21/11, 21/14) sobre as chilenas Paula Vallejos/Rivas. Horas mais tarde repetiram a vitória em sets diretos, desta vez sobre as uruguaias Fortunati e Bausero, com parciais de 21/16, 21/17. A disputa da liderança do grupo será neste sábado (12.05), às 11h (de Brasília), contra as colombianas Diana/Yuli.

“Foi bom vencer as duas partidas por 2 sets a 0, mantivemos a virada de bola com constância, sem errar ou se desconcentrar do jogo. Nosso sistema defensivo também funcionou bem. Não senti tanta diferença passamos o dia bem. Está um pouco mais frio que no Brasil, mas uma temperatura boa para o vôlei de praia, estamos bem adaptadas e vamos em busca de mais uma medalha para o Brasil nesta etapa”, analisou Victoria.

Os primeiros de cada grupo avançam direto às semifinais, enquanto segundos e terceiros disputam as quartas de final. No naipe masculino, o Brasil conquistou o título geral em abril, com ouro de Vitor Felipe e Guto (PB/RJ) na etapa Finals disputada na Argentina. No feminino, em seis etapas foram seis ouros do Brasil.

Ao todo são seis etapas do Circuito Sul-Americano para os dois naipes, e dois torneios ‘Finals’ contando exclusivamente com um naipe cada. O calendário completo pode ser acessado no site oficial da Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), em http://voleysur.org/v2/calendario/calendario.asp.

O ranking geral do Circuito Sul-Americano é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada parada, mesmo que um país tenha mais de uma dupla no pódio. No Finals, os campeões somam 400 pontos, o vice, 360, o terceiro colocado, 320, reduzindo 40 pontos em cada posição seguinte.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais