CBV realiza laboratório com atletas da categoria infantil

Publicado em: 23/01/2018 10:28
CDV, que normalmente recebe as seleções brasileiras, será o local de treinamentos dos jovens atletas (Créditos: Divulgação/CBV)

Uma chance de ouro surge a partir desta quarta-feira (24.01) para 40 jovens atletas que terão a oportunidade de passar por um laboratório no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), o mesmo local de treinamentos das seleções brasileiras campeãs olímpicas. Os 20 garotos e 20 meninas, todos sub-16, que foram selecionados durante as disputas das Taça Samy e Potengi, em dezembro do ano passado, seguirão em treinos até o dia 7 de fevereiro visando futura convocação para seleção brasileira.

Dessa vez, os atletas chegam para uma avaliação, que será realizada pelos técnicos Luiz Carlos Rodrigues da Silva, no masculino, e Alexandre dos Santos Gomes, no feminino. Luiz Carlos ainda contará com os treinadores Marcelo Zenni Klein e Rodrigo Barreto e com o preparador físico Guilherme Berriel em sua comissão técnica, enquanto Alexandre será auxiliado pelos técnicos Claudemiro dos Santos e Maria Bethânia Melo, além do preparador físico, Marcelo de Lourena.

Após a primeira avaliação, foram selecionados Andreas Schuch, Davi Bertuol, Luciano dos Santos, Nicolas Schosler, Adriano Cavalcante, Gabriel Vilaça, Henrique Guimarães, José Geraldo Anselmo, João Vitor Adriano, Guilherme Alexandre, Gustavo Orlando, Henry Otu, João Victor Leite, Leonardo de Andrade, Andrey de Medina, Darlan Souza, Felipe Varela, Lucas Fontanella, Rafael da Paz e Vitor Ramos.

Entre as meninas estarão no CDV a partir de amanhã Isabelle Cruz, Jaqueline Schmitz, Thuany Bardin, Fernanda Perini, Ana Cecilia Lopes, Deborah Ribeiro, Julia Kudiess, Laissa Rosa, Maria Eduarda Sanglard, Thabata Carmo, Ana Luiza Rudiger, Gabriela Souza, Julia Lawrenz, Kamily de Souza, Yasmin Isernhagen, Heloisa Brazolim, Letícia Moura, Maria Clara Carvalhaes, Stephany Morete e Vitória Rosa.

Seletiva

Os 20 atletas selecionados saíram de um total de 96, que disputou a Taça Sami Mehlinsky, realizada também no CDV. Na ocasião, o responsável pela seleção foi o assistente técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Marcelo Fronckowiak, que esteve presente e acompanhou toda a competição de perto. O treinador não seguiu com o trabalho por ter acertado a sua transferência para o voleibol italiano e foi substituído por Luiz Carlos da Silva.

As meninas selecionadas se destacaram durante a Taça Potengi de Lucena, competição realizada em Araxá (MG), também no mês de dezembro. A escolha das jovens foi feita com base nas avaliações do treinador João Luís Klein, o Juca, assistente técnico na seleção sub-20 feminina, que esteve presente na cidade mineira durante a competição e acompanhou de perto a performance dos oito times na disputa.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais