Vôlei Nestlé vence clássico contra o Sesc RJ e garante lugar na final

Publicado em: 18/01/2018 23:48
Fabíola aciona Bia (Créditos: Greik Pacheco)

O Vôlei Nestlé (SP) será o adversário do Dentil/Praia Clube (MG) na decisão da Copa Brasil feminina de vôlei 2018. Nesta quinta-feira (18.01), a equipe de Osasco (SP) superou o Sesc RJ, atual campeão, por 3 sets a 1 (25/22, 25/17, 20/25 e 25/21), no ginásio Jones Minosso, em Lages (SC), na segunda semifinal da competição.

A grande decisão da Copa Brasil entre o Vôlei Nestlé e o Dentil/Praia Clube será disputada às 21h30 desta sexta-feira (19.01) com transmissão ao vivo do SporTV 2. O time de Uberlândia (MG) garantiu um lugar na final ao superar o Camponesa/Minas (MG) por 3 sets a 0.

A oposta Tandara, do Vôlei Nestlé, brilhou e foi a maior pontuadora do confronto, com 25 pontos. A atacante comentou sobre a confronto contra o Sesc RJ e falou da classificação para a decisão.

“Nosso jogo foi muito melhor nos dois primeiros sets, pois erramos menos. No terceiro, erramos mais e no quarto tínhamos que buscar. E buscamos. Parabéns para o Vôlei Nestlé, pois fomos bem no conjunto, saque, passe e ataque funcionaram bem. E agora vamos para cima do Praia e repetir a atuação de hoje, errando o menos possível. Vou seguir buscando dar o meu melhor em prol da equipe”, disse Tandara.

História da Copa Brasil

O Sesc RJ (RJ), no feminino, e o EMS Taubaté Funvic (SP), no masculino, foram os campeões da competição na temporada passada. Na última edição, em 2017, disputada em Campinas (SP), o time carioca venceu o Camponesa/Minas (MG) na final enquanto o grupo de Taubaté superou o Sesi-SP.

Esta é a quarta edição da Copa Brasil. A primeira, em 2014, aconteceu em Maringá (PR) e reuniu equipes dos dois naipes. Em 2015, a competição feminina foi em Cuiabá (MT) e a masculina em Campinas (SP). E nos anos de 2016 e 2017, equipes dos dois naipes também disputaram o título na cidade campineira.

O JOGO

O Vôlei Nestlé começou melhor e fez 8/6. Quando o time de Osasco fez 11/8, o treinador Bernardinho pediu tempo. O time de Osasco seguiu melhor e abriu seis pontos (17/11). O time carioca cresceu de produção e diminuiu a vantagem para quatro pontos (20/16). A equipe do treinador Luizomar de Moura segurou a reação do Sesc RJ e fechou o primeiro set por 25/22.

O Sesc RJ voltou melhor para o segundo set e fez 5/1 e, neste momento, o treinador Luizomar de Moura pediu tempo. A paralisação fez bem ao time de Osasco que empatou a parcial (8/8). O Vôlei Nestlé passou a liderar a parcial e fez 17/14. O time de Osasco foi melhor até o final do set e venceu a parcial por 25/17 com uma china da central Ninkovic. 

O Sesc RJ voltou melhor para o terceiro set e fez 8/5. Numa boa sequência de saques da central Mayhara, o time carioca abriu quatro pontos (11/7). Quando o placar estava 12/7, o treinador Luizomar de Moura trocou as levantadoras. Entrou Carol Albuquerque e saiu Fabíola. A equipe do treinador Bernardinho seguiu melhor e manteve quatro pontos de vantagem (18/14). Quando as cariocas fizeram 20/15, o treinador Luizomar de Moura pediu tempo. O Sesc RJ segurou a vantagem e levou a melhor no terceiro set por 25/20.

O Vôlei Nestlé fez os três primeiros pontos da quarta parcial e o treinador Bernardinho pediu tempo. O time de Osasco seguiu melhor e manteve a diferença no placar (7/3). Com uma boa sequência de saques da ponteira Peña, a equipe carioca encostou (7/6) e o treinador Luizomar de Moura pediu tempo. A paralisação fez bem ao time de Osasco que cresceu na parcial e abriu cinco pontos (19/14). O time de Osasco segurou uma reação da equipe carioca e levou a melhor no quarto set por 25/21 e no jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES:

Sesc RJ – Roberta, Monique, Drussyla, Peña, Mayhara e Juciely. Líbero – Fabi 
Entraram – Natiele, Gabi, Vitória, Carol Leite 
Técnico – Bernardinho 

Vôlei Nestlé -  Fabíola, Tandara, Mari Paraíba, Leyva, Ninkovic e Bia. Líbero – Tássia 
Entraram – Carol Albuquerque, Erica, Lorenne, 
Técnico – Luizomar de Moura

TABELA COPA BRASIL

Quartas de final

14.12 (QUINTA-FEIRA) – Camponesa/Minas (MG) 3 x 1 Fluminense (RJ), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/15, 23/25, 27/25 e 25/20)
15.12 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 19h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) (25/16, 25/16 e 25/14)
15.12 (SEXTA-FEIRA) – Sesc RJ 3 x 2 Pinheiros (SP), às 20h, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (23/25, 24/26, 25/19, 25/22 e 15/12)
15.12 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 0 Hinode Barueri (SP), às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) (25/15, 25/20 e 25/15)

Semifinal

Jogo 5 - 18.01 (QUINTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube 3 x 0 Camponesa/Minas, às 19h, no Jones Mimoso, em Lages (SC) – SporTV (27/25, 25/14 e 25/14)
Jogo 6 – 18.01 (QUINTA-FEIRA) – Sesc RJ 1 x 3 Vôlei Nestlé, às 21h30, no Jones Mimoso, em Lages (SC) – SporTV (22/25, 17/25, 25/20 e 21/25)

Final

Jogo 7 – 19.01 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube x Vôlei Nestlé, às 21h30, no Jones Mimoso, em Lages (SC) – SporTV

GALERIA DE FOTOS: 

http://2018.cbv.com.br/galeria/1984/lages-sc---18.02.2018---copa-brasil---sesc-rj-x-volei-nestle

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais